Le Botteghe di Leonardo abrirá sua primeira loja fora de SP

A charmosa sorveteria italiana Le Botteghe di Leonardo, que conta com quatro lojas em São Paulo, está se preparando para abrir a primeira filial fora do estado, que ficará no Shopping VillageMall, na Rio de Janeiro.

Como a marca é bem conhecida por suas lojas de rua aconchegantes, que contam com produtos até para os animais de estimação dos clientes, abrir em um shopping pode parecer um pouco estranho mas faz todo o sentido na Barra da Tijuca – mesmo caso da loja de Alphaville, também enclausurada em um shopping.

A loja ainda não tem data prevista para inauguração, mas já conta com seu espaço reservado no shopping de luxo carioca.

Além dessa, a Botteghe inaugurou hoje um carrinho no Shopping Light, no centro de São Paulo.

Expansão do Pátio Paulista inaugura no começo de Outubro

Screenshot 2016-08-23 23.09.48

Como já foi adiantado por esse blog, a expansão do Shopping Pátio Paulista finalmente deve ser aberta: a inauguração está prevista para o dia 04 de outubro.

Edit: A inauguração da expansão foi adiada para o dia 18 de outubro. Em breve teremos a lista completa de lojas que inaugurarão nesse dia.

A ultima etapa da expansão adicionará ao shopping 58 novas lojas, trazendo nomes como Le Lis Blanc, Schutz, Dudalina, Beauty Box, PB Kids e a loja de departamentos Renner.

O Pátio Paulista também receberá os restaurantes Andiamo, América e Outback – e ao menos esse último já parece estar bastante adiantado,  já inclusive recebendo a equipe do restaurante para treinamentos.

A única pena é que entre as lojas já divulgadas, praticamente todas já contam com uma presença na Avenida Paulista. A maior exceção é o Empório Varanda, que abrirá sua terceira unidade em um espaço de 900m².

O shopping também terá espaço para um teatro para 500 pessoas, um spa urbano e uma “mega academia” – que apesar de não ter o nome anunciado provavelmente é a Bodytech.

Julho chega com grandes novidades de luxo no Rio de Janeiro

Não é só São Paulo que terá grandes inaugurações no mês de Julho: Se lá o foco é nos fast-foods, a cidade-sede das Olimpíadas vai receber duas marcas de alto luxo.

hermes

Na Zona Sul, na famosa rua Garcia D’Ávila, abre dia 25 a primeira filial carioca da francesa Hermés, na casa onde antigamente funcionava a Trousseau.

MG_28351

Já na Barra da Tijuca, o VillageMall recebe a segunda loja da italiana Dolce&Gabanna, com todas as linhas da brand, no dia 23 de julho.

Sbarro chega à São Paulo no Mooca Plaza Shopping

16303313525_e80c47c375_k

A rede de fast food italiana Sbarro, muito conhecida de turistas brasileiros em viagem aos Estados Unidos, abriu sua primeira unidade na capital paulista.

O primeiro Sbarro de São Paulo está no Mooca Plaza Shopping, na zona leste da cidade. A segunda unidade já tem ponto definido: O Top Center, na Paulista. A empresa também diz já ter mais pontos negociados em shoppings ainda em construção, em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Hooters abre unidade perto da Av Paulista

Hooters Paulista: No lugar do antigo Black Dog
Hooters Paulista: No lugar do antigo Black Dog

Bar temático voltado aos esportes e teoricamente com um time de belas garçonetes, o Hooters chega à terceira unidade na capital. Às casas da Vila Olímpia e da Mooca, vem se juntar mais um ponto pertinho da Avenida Paulista, cuja abertura oficial para o público está marcada para a sexta (03/07), a partir das 12h.

O novo endereço ocupa um salão de 550 metros quadrados capaz de acomodar 200 pessoas. A projeção dos responsáveis pelas filiais brasileiras – o mesmo grupo que detém as marcas Benihana e Jamie’s Italian – é receber 20.000 a cada mês.

Para montar a nova casa, os investidores calculam ter aportado um capital de 2 milhões de reais. Esse montante foi usado para montar um espaço cheio de TVs, jogos e videogames para a diversão da clientela. O modelo é o mesmo da matriz americana que surgiu em Clearwater, Flórida, na década de 1980, e se espalhou por mais de 20 países, entre eles a China.

A informalidade deve reinar no ambiente com cardápio no estilo dos casual dinings dos Estados Unidos mais o sportsbar, com transmissões de jogos e de diversas atividades esportivas pelas televisões fixadas por todos os lados. O cardápio chove no molhado das calóricas receitas consagradas pelos americanos, entre elas as chicken wings, ou simplesmente, asinhas de frango.

Na seção etílica do cardápio, o chope é fornecido pela Devassa e pode ser pedido em jarra com 1,8 litro para compartilhar. A intenção é fisgar quem deixa o trabalho na região da Paulista para se afundar numa cadeira para curtir a happy hour. Até milk-shakes, reservados para a sobremesa, saem com uma dose de destilado. Mas nem tudo é álcool. Há até uma limonada em refil para que possa dirigir.

O Hooters na Alameda Joaquim Eugênio de Lima, 612, Cerqueira César, tel. 3586-6377

Zara Home em breve no Iguatemi São Paulo e Porto Alegre

Business Strategy: BUSINESS STRATEGY OF ZARA HOME

Logo mais a loja de artigos domésticos da fast-fashion espanhola Zara deve abrir em dois shoppings da rede Iguatemi: No terceiro piso do Iguatemi São Paulo e na expansão do Iguatemi Porto Alegre.

Forever 21 de Goiânia abre dia 16

11201107_827884617302107_4728667190228212568_n

 

E bem mais perto que a loja de Manaus, a Forever 21 vai abrir no próximo sábado, dia 16 de Maio, a sua primeira loja em Goiânia, no Shopping Passeio das Aguas.

A loja terá 1.100 metros quadrados e contará com a 21MEN, a divisão masculina da marca.

Além desta loja, a F21 deve abrir mais uma loja em Goiânia até Agosto, no Shopping Flamboyant.

 

 

Aoyama se prepara para inaugura filial na Zona Leste de SP

Fenômeno de público entre os rodízios de cozinha japonesa de São Paulo, o Aoyama foi aberto pelo empresário Eduardo Nagai em 1997 na Rua Doutor Mário Ferraz, no Itaim. Transferiu-se para o atual endereço, também, no Itaim em 2010, ao mesmo tempo que tinha iniciado um processo ainda tímido de expansão. Primeiro, foi montada a filial de Higienópolis em 2003 e, quatro anos mais tarde, veio a loja de Moema.

Nos últimos quatro anos, a velocidade de aberturas aumentou. Chegaram as casas do Jardins, em 2011, e a do Morumbi no ano seguinte. Agora, é o Tatuapé, o bairro do agito na Zona Leste, a nova fronteira.

A nova filial deve ser inaugurada no Dia dos Namorados. Fica na Rua Azevedo Soares, 978. Pela mesma via espalham-se outros restaurantes, entre eles o japonês Hakken (também rodízo), a churrascaria Bracia Parrilla, o português Bacalhoeiro, o italiano Bottarga e o brasileiro Coco Bambu.

Fachada da nova unidade: abertura programada par ao Dia dos Namorados (Projeto: Daniela Neves)

Outback promete chegada da churrascaria Fleming’s em 2016

flemingsdenverA rede de restaurantes Outback Steakhouse está apostando no Brasil. Apesar dos problemas econômicos por que passa o país, a Bloomin’ Brands, mantenedora da Outback, acelera seu crescimento no Brasil, na tentativa de capitalizar os lucros gerados pela classe média em ascensão.

Além de seus 64 restaurantes Outback no Brasil, a Bloomin’ abriu recentemente dois restaurantes temáticos italianos Abbraccio e pretende inaugurar uma churrascaria Fleming’s no país no ano que vem.

“O Brasil é um tremendo mercado para o ‘casual dining’”, diz Liz Smith, principal executiva da empresa, sediada em Tampa, na Flórida, usando a expressão em inglês para o gênero de restaurante que serve comida de preço moderado em ambiente descontraído.

“É a nossa maior oportunidade de crescimento fora dos EUA.” No Brasil, o Outback vende o aperitivo que é sua marca registrada, a cebola empanada e frita, além de skirt steak (fraldinha), massas e camarão ao molho picante. A classe média em expansão quer “se diplomar numa experiência de ‘casual dining’”, disse ela.

A empresa empenhou-­se em crescer no exterior num momento em que os restaurantes americanos com serviço de mesa enfrentam mais concorrência da parte de redes “fast casual”, com comida de melhor qualidade e instalações mais sofisticadas que as das lanchonetes de “fast­food”.

Starbucks promete, enfim, sair do eixo Rio-São Paulo

IMG_2015-05-05 12:19:03

Em entrevista para a Veja SP justamente sobre a centésima loja da Starbucks no Brasil, Norman Baines, presidente da filial brasileira, diz que a crise não tem afetado a empresa e que prevê crescimento de 7% esse ano.

Além disse, fala pela primeira vez depois de muito tempo em expandir a rede além do Rio de Janeiro e São Paulo: No médio prazo, a marca deve apostar em cidades como Brasília, Curitiba, Porto Alegre e Salvador.

A grande dúvida é quanto tempo é “médio prazo” para a rede. Desde 2008 se fala a respeito de lojas em Brasília – e Belo Horizonte, que antes era um dos nomes fortes, nem foi mencionada. É possível que o executivo não tenha enumerado todas as cidades que tem em vista, mas sempre me impressiono com a capacidade de muitas marcas ignorar a capital mineira.

Para abrigar as lojas, eu apostaria nos principais shoppings de cada cidade (Parkshopping e Iguatemi em Brasília, Parkshopping Barigui e Pátio Batel em Curitiba, Iguatemi, BarraShopping Sul e Bourbon Country em Porto Alegre e Salvador Shopping, Shopping Barra e Shopping da Bahia em Salvador).

Além disso, é grande a chance de abrirem lojas nos aeroportos de cada cidade – existem até boatos que a concessionária do Aeroporto de Brasília vem negociando com a Starbucks há algum tempo já.

Curiosamente, logo depois dessa entrevista ser publicada, surgiu um boato bastante estranho sobre uma Starbucks em Florianópolis (ou no Jurerê Internacional): Se falava sobre uma franquia – que em si já seria uma novidade pra Starbucks no Brasil, que tem apenas lojas próprias – gerida por um jovem empreendedor de 18 anos. Conhecendo a expansão da rede, não é difícil imaginar quão improvável seria – tanto que a nota original já foi atualizada com uma errata.

A Starbucks já disse ter estudado o modelo de franquias para o Brasil, mas seria nos mesmos moldes da Dunkin’ Donuts: Um franqueado ficaria com uma região do país, e não franquias negociadas loja-por-loja.